Projeto “Meu coração de polaco voltou”, que expõe influências polonesas na obra de Paulo Leminski, chega a Porto Alegre.

(Foto: Márcio Santos / Arte: Maria Baptista)

(Foto: Márcio Santos / Arte: Maria Baptista)

A Casa da Cultura Polônia Brasil e a família Leminski, em cooperação com o Consulado da República da Polônia em Porto Alegre, o Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba e a Casamundi Cultura, trazem a Porto Alegre, entre os dias 17 de dezembro de 2015 e 09 de fevereiro de 2016, o projeto “Meu coração de polaco voltou”. Trata-se de um passeio pelas origens e influências polonesas na obra de Paulo Leminski, com curadoria das filhas Aurea e Estrela Leminski.

“Começar por Porto Alegre tem um significado muito especial, não só pela forte presença da comunidade polonesa, mas porque também era uma cidade que Leminski adorava e tinha grande admiração por muitos artistas e intelectuais locais”, diz Aurea. Entre as ações, está a exposição inédita intitulada “Meu coração de polaco voltou”, aberta ao público a partir de 18 de dezembro no Memorial do Rio Grande do Sul, na sala Múltiplo Usos. A mostra é composta por painéis com reprodução de textos, fac-símiles, fotos do acervo particular, livros e documentos originais de Leminski e tem a comunicação visual assinada por Maria Baptista.

Além da mostra, também será lançado em Porto Alegre a edição brasileira do livro de poemas traduzidos (bilíngue) “Meu coração de polaco voltou/Powróciło moje polskie serce”, que reúne cerca de 60 poesias de Leminski, com uma tiragem exclusiva de 1.000 exemplares. A seleção e tradução são de Piotr Kilanowski, pesquisador e professor do curso de Letras-Polonês da UFPR radicado no Brasil há mais de 25 anos. O livro contém também algumas traduções de autoria de Konrad Szcześniak, professor da Universidade da Silésia. A primeira edição foi lançada na Polônia, no final de 2014, em uma iniciativa dos pesquisadores da Universidade da Silésia e UFPR com financiamento do Ministério dos Assuntos Exteriores da Polônia. O prefácio do livro é assinado por Marcelo de Paiva Souza, também professor de Letras–Polonês da UFPR e doutor em literatura polonesa pela Universidade Iaguiellônica (Cracóvia).

“Meu Coração de Polaco Voltou” – O projeto nasceu em Curitiba, em celebração e homenagem ao artista que, em 2015, completaria 71 anos. Os eventos foram realizados na Casa da Cultura Polônia Brasil, de agosto a outubro, e tiveram grande sucesso de público.

 

Casa da Cultura Polônia Brasil – A Casa da Cultura Polônia Brasil foi criada em 2012 com a missão de promover e fortalecer ações culturais e de intercâmbio entre Brasil e Polônia, além de oportunizar a valorização de artistas descendentes de poloneses. A diretoria é composta por pesquisadores, empresários e artistas que voluntariamente se dedicam no desenvolvimento das atividades. A obra de Paulo Leminski é marcada pelas referências à cultura polonesa, e o projeto “Meu coração de polaco voltou” garante a difusão da obra do artista, das tradições polonesas, e reforça a importância do legado do autor e sua relação orgânica com a comunidade brasileira.

 

Confira a programação:

17/12, às 19h: Abertura da exposição “Meu coração de polaco voltou”, com material inédito e curadoria das filhas de Leminski e lançamento do livro bilíngue “Meu coração de polaco voltou/ Powróciło moje polskie serce“ (traduções de Piotr Kilanowski e de Konrad Szcześniak)

De 18/12 a 09/02: Exposição “Meu coração de polaco voltou”.

20/01, a partir das 19h: Recital poético “Paulo Leminski”. Será um encontro com leituras poéticas e convidados. Ministrado por Tiago Halewicz, diretor cultural da Casamundi e pesquisador da cultura polonesa.

 

Serviço:

Onde: Memorial do Rio Grande do Sul, Sala Múltiplos Usos. (Rua 7 de Setembro, 1020 – Praça da Alfândega, Porto Alegre).

Quando: de 18 de dezembro de 2015 a 09 de fevereiro de 2016. Terça a sábado, das 10h às 18h, e domingo, das 12h às 18h.

Contato: cultura@casamundi.com.br, chp.poa@uol.com.br ou (51) 3024-4284